quarta-feira, 29 de junho de 2011

Do dramatismo português


Tenho horror à expressão tirar anos de vida. Detesto quando alguém diz que uma determinada situação "tira anos de vida", porque levo-a mesmo à letra e ponho-me a reflectir no assunto (e da maneira que sou stressadinha, se a expressão tiver algum fundo de verdade eu já devo estar com um pé para a cova aos 24 anos de idade).

Prefiro a versão francesa, decididamente. A partir da minha passagem por França, tudo o que me desgastar passou a tirar-me apenas segundos de vida, à la française. E ai de quem me contrarie.

Ao menos assim não perco, efectivamente, anos de vida, a reflectir no raio da expressão.

1 comentário:

  1. Realmente é bem melhor perder segundos do que anos de vida :-) Beijos

    ResponderEliminar