terça-feira, 10 de setembro de 2013

Leituras


Isto não pode ser só literatura moderna quando há tanto clássico ainda por conhecer. Confesso que não foi um livro que me tenha prendido especialmente.

Foi o quarto romance que li do Marc Levy. Apesar do final ser um bocado previsível, é uma história original e bem escrita. Gostei muito.

Ouvi maravilhas sobre este livro e estava super curiosa para lê-lo. Todo ele está inundado de tudo o que me cativa num livro: as descrições tão reais e bem conseguidas, a dureza do tema (só é pena que seja o espelho da vida real de muita gente no Afeganistão), o amor em várias facetas. Gostei mesmo muito!

Segunda Guerra Mundial. Alemães e judeus (um tema que me interessa sempre). Outra história muito triste e, no entanto, muito bonita. Gostei muito.

3 comentários:

  1. A sério? Achei que o livro do Dorian nas entrelinhas dizia tanto... mas tanto ker para os dias de hoje como para antigamente! Como ele se consegue enturmar nas duas eras.. é espetacular... por acaso gostei!!! Os outros nunca li!! ***

    ResponderEliminar
  2. Sim Mimi, tens toda a razão quando dizes que o livro diz muito nas entrelinhas. Mas mesmo assim, o que estava "nas linhas" não me entusiasmou particularmente, não me fazia ficar ansiosa por continuar a ler mais e mais.

    ResponderEliminar