quarta-feira, 28 de junho de 2017

Uma espécie de lua de mel - San Gimignano

Perguntaram-me no último post acerca da melhor forma de transporte entre as várias cidades que visitámos. Honestamente não sei o preço das viagens de comboio, porque a nossa preferência sempre foi alugar um carro, e quando vimos que o aluguer de um, por uma semana, ficaria a 105€ (mais preço da gasolina que gastámos, claro, que no caso foi quase um tanque e custou-nos uns 55€) a opção ficou logo tomada: alugaríamos carro logo no aeroporto (tendo em conta que dormimos em 4 cidades diferentes durante a semana, é muito mais prático andar de carro do que andar de mala às costas). Já dentro das cidades fizemos tudo a pé (à exceção das Cinque Terre, depois falarei disso). Quanto ao estacionamento nas cidades, o que fizemos foi filtrar a pesquisa de hotéis no booking para só aparecer os que tinham estacionamento para evitar andar a pagar balúrdios com isso (se bem que o de Florença cobrava 15€ por dia - "pormenor" que nos escapou quando fizemos a reserva - e como estávamos numa rua muito pacata fora do centro arriscámos e deixámos o carro na rua e correu bem).
Tratado o assunto do transporte, passemos a San Gimignano, a segunda paragem da nossa viagem. Depois de termos passado a manhã em Pisa, agarrámos no carro depois do almoço e seguimos para lá (a distância entre as duas cidades é de 70 e muitos quilómetros).
San Gimignano é uma cidadezita medieval que vale mesmo a pena conhecer. Não é grande, vê-se em meio dia. Não conhecia e fiquei encantada, recomendo muito a visita.




A chegada a San Gimignano (debaixo dum calor abrasador, como aliás praticamente em toda a viagem).




Paisagens tipicamente toscanas (e maravilhosas).





Ao final da tarde seguimos para Siena (a uns 50km de distância), onde passámos essa noite e o dia seguinte.

[continua]

4 comentários:

  1. Eu não conhecia e fiquei apaixonada :O

    ResponderEliminar
  2. A sério, estou encantada =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Quero muito ler todos os detalhes sobre esta viagem, é uma viagem que também quero muito fazer!

    ResponderEliminar