sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Da segunda parte das férias - Mértola e a (fantástica) Casa dos Castelejos

Depois de termos passado a noite na Casa da Ermida de Santa Catarina, na zona de Elvas, rumámos a sul (com direito a passagem por Espanha) e fomos passear a Mértola. Estavam uns belos 41ºC, mas nem por isso deixámos de fazer um passeio a pé pela cidade, que é muito gira.



Ao final da tarde fomos então em direção ao nosso próximo alojamento, que ficava na zona de castro Verde (a uns 20km de Mértola): a Casa dos Castelejos. Começo por dizer que as fotos do booking (e as minhas também) não conseguem fazer jus à beleza e paz que aquele sítio transmite.
Para começar, fomos recebidos por um casal (com pena minha não sei o nome dos senhores) que administra o alojamento e que é duma simpatia extrema. Depois tivemos o privilégio de ficar numa de duas casa do alojamento (são duas casinhas de alojamento, e uma com a receção e bar) que, apesar de ter várias quartos, estava por nossa conta nessa noite (pelo que não tínhamos só o quarto como uma sala enorme, toda envidraçada, com uma vista maravilhosa para a herdade, tudo só para nós).

O nosso quarto.


O jardim que está em frente à zona da piscina.



Vistas que transmitem paz e serenidade.


À noite, não nos apeteceu fazer 20km para ir jantar, e então decidimos ficar pela esplanada do bar da Herdade onde comemos umas tostas, acompanhadas de uma bela tábua de queijos e de um vinho branco espetacular (que o senhor muito amavelmente abriu de propósito para mim, que só queria um copo). O anoitecer por aqui, entre petiscos, música muito zen, o "som" da natureza e um céu maravilhoso foi uma experiência memorável. Estava ali a desfrutar daquela noite e a pensar que me ia lembrar daquele momento muitas vezes ao longo dos próximos tempos (e confere, volta e meia penso nisso). Não me dou bem muito tempo neste tipo de ambiente (o stress da cidade é uma espécie de combustível para mim) mas esta noite foi mesmo maravilhosa. Foi, sem dúvida, o melhor momento destas mini férias alentejanas.

Esta é a casa da receção e bar.










Fiquei mesmo apaixonada por este sítio, e cheia de vontade de lá voltar.
O resto das férias foi muito mais banal, em modo praia na zona de Aljezur, num alojamento bem menos especial, pelo que o relato das férias fica por aqui. Para quem tiver vontade de conhecer recantos especiais no interior deste nosso país maravilhoso, apontem estes dois: Casa da Ermida de Santa Catarina e Casa dos Castelejos. Não se vão arrepender =).

3 comentários:

  1. Parece-me tudo tão bem, tão acolhedor... Que férias boas devem ter sido :)

    ResponderEliminar
  2. Uau! Fotos tão bonitas. Estou a precisar disso, paz =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Adoro o Alentejo mas sou mais fã da parte litoral - Milfontes, Porto Covo, Sines... Ainda assim esse alojamento deixou-me apaixonada.

    ResponderEliminar