quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Cansaço


Costumo dizer em jeito de brincadeira que com tudo o que esta minha cabeça tem para resolver, só deixo de ir à psicóloga lá para 2020 (mas não sei se estarei tão longe da verdade quanto isso).
Nunca fui pessoa muito orgulhosa de sis própria e dos seus feitos, mas ultimamente dou por mim bastante triste e desiludida comigo mesma. Não faço mal a ninguém (pelo menos não intencionalmente), acho que me pauto pelos valores certos, mas estou desiludida com o rumo que ando a dar à minha vida. Com este comodismo e medo de arriscar que teima em apoderar-se de mim de forma avassaladora. Com a minha capacidade de fazer tempestades em copos de água. E com este sofrimento que permito que me consuma mesmo antes das situações acontecerem, e que muitas vezes (na maior parte delas, para não dizer mesmo todas) acaba por ser tão maior do que aquele por que passo quando as situações acontecem efetivamente (e sofrer por antecipação é tão, tão estúpido).
Estou cansada que a vida me dê todos os ingredientes para ser (muito provavelmente) mais feliz e eu continue em teimar em ter medo de arriscar. Tão cansada.

16 comentários:

  1. Sabes que estarei aqui para te ouvir, certo? :)
    Espero que consigas superar essas minhoquinhas na cabeça...e que aproveites ao máximo o que a vida te poderá dar <3

    ResponderEliminar
  2. Também senti isso, muitas vezes... adoro o que faço, mas acho que merecia mais e melhor!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois a mim quem me dera adorar o que faço, mas estou tão, tão longe disso =(.

      Eliminar
  3. Como te percebo e como eu também acho que estou a precisar urgentemente de uma psicóloga. Mas ando a ver se me faço de forte =(

    Força.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cláudia, faz bem a toda a gente. O único problema é mesmo sair caro e não ser comparticipado (como se se tratasse de um luxo). Mas de resto...aconselho tanto! Se sentes que precisas não queiras ser forte. Há vezes em que o mais acertado a fazer é reconhecer que não conseguimos sozinhas.
      Beijo grande para ti!

      Eliminar
  4. Pelo menos tens a consciência disso. Cabe-te mudar a situação. Arrisca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou mesmo mesmo a tentar fazer por isso. Numa parte da minha vida até já passou das tentativas, já houve ação =).

      Eliminar
  5. Ui, gente que sofre por antecipação não é fácil (eu sou dessas). Quanto ao resto, vai com medo. Mas vai

    ResponderEliminar
  6. Identifico-me cada vez mais... A minha cabeça tem sempre o turbo ligado a partir do momento em que acordo - momento em que já estou exausta e a única coisa que fiz ainda foi abrir os olhos. É um arrastar durante o dia até ir dormir novamente... O que também está sempre ligado é o radar para os problemas. Como se para isto? Sofrer por antecipação é estúpido mas às vezes parece não haver alternativa...

    Por outro lado, minha Gelatina: Medo de arriscar? E quem foi do nada para França viver com uma família desconhecida? E de seguida para Londres, mesmo quando a outra aventura já estava encerrada? Quem anda a viver entre cidades (em Portugal) e a conhecer o mundo aos poucos?

    Quanto ao resto, é normal não dar saltos de cabeça e pensar bem primeiro. Não se troca de profissão, de cidade ou de amor de ânimo leve. Nem toda a gente é dada ao impulso. É fazer o esforço diário de aceitar e abraçar quem somos e sermos mais brandos connosco... Nós merecemos :)

    Muitos beijinhos ❤

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estas tuas palavras aqueceram-me o coração. Muito obrigada por estares desse lado, e escreve-me sempre que quiseres. Beijo grande cheio de carinho para ti!

      Eliminar
  7. Acho que todos temos fases em que andamos assim. Eu estou numa dessas fases. No entanto, acho que tu és pessoa que arrisca muito mais que eu, olha por onde já andaste. Eu estou encalhada no mesmo emprego sem perspectivas de evolução há dez anos, por ex... Por isso acho que é mesmo da nossa cabeça, lá está é o sofrer por antecipação...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tinha mesmo noção que passava uma ideia diferente daquela que acho que sou. Mas de facto talvez não seja tão comodista quanto isso...
      Um beijinho para ti!

      Eliminar
  8. Sou das que sofre por antecipação e isso é muito muito estúpido. Ando a tentar contrariar isso a todo o custo. Quanto ao comodismo e à falta de "risco" se tens consciência disso pensa no que te faz feliz, e arrisca! Acredita que estás na altura certa! Mesmo! Beijinhos

    ResponderEliminar