segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Do fim-de-semana



O Joaquín deu-me a desculpa que eu precisava para passar dois dias muito caseiros entre leituras, séries e muitas calorias.
A sexta-feira acabou com uma ida ao gym e uma receção em casa com uma bela pratada de sushi.
No sábado, as saídas limitaram-se a uma ida ao supermercado para abastecer para a semana. Perdi a conta à quantidade de episódios de séries que vi (entre The Middle, Breaking Bad e Hart of Dixie, que terminei finalmente e que nunca me deixou especialmente fã). Entretanto comecei a ler "A rapariga no comboio" e já o deixei praticamente a meio.
O dia de ontem teve direito a ida ao gym (depois de tomarmos o meu pequeno-almoço preferido de Lisboa) e a arrumações (já arrumei as sandálias e demais roupa de verão e desempacotei botas e afins. conformei-me que o verão já era, portanto. agora vê lá se tens juízo, sim, senhor S. Pedro?) e a mais séries e mais leitura. Tanto que terminei o livro que tinha começado na véspera. 
Não é uma obra prima e tornou-se previsível numa dada altura (para dizer a verdade eu estava obcecada com isto desde metade do livro, já que já tinha lido n comentários a dizer que o livro é previsível, e já só pensava "ai de mim se também não descubro quem é o culpado antes de ser relevado"), mas é de leitura super fácil (compulsiva até, diria eu) e consegue prender completamente do início ao fim, pelo que lhe dei 4 estrelas no Goodreads.

3 comentários:

  1. O chocolate já ia! um ótima semana!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Aiii quero ler esse livro!
    Agora ainda mais =)

    Beijocas

    ResponderEliminar