terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Dias não


Os últimos tempos não têm sido fáceis. Problemas pessoais (antigos) cuja solução depende (maioritariamente) de mim, mas com os quais não estou a conseguir lidar (nada de saúde, portanto nada que não se resolva). Às vezes até acho que encontrei a solução, mas depois não há coragem para seguir em frente com ela e acarretar as suas consequências. Outras vezes tento convencer-me que está mas é tudo bem e eu é que tenho que tratar de mandar embora os macaquinhos que habitam este meu cérebro problemático.
Sempre fui pessimista e um bocado dada ao masoquismo, e mesmo assim tenho conseguido ser feliz na maior parte do tempo, mas quando as minhas decisões implicam sofrimento alheio, e ainda por cima de pessoas que não o merecem, aí deixo de conseguir lidar com a situação. [e enquanto isso, vou sendo eu infeliz]
Há dias em que acho que não aguento mais. Mas eu aguento. Masoquista como sou, isto ainda deve estar longe do fim.

13 comentários:

  1. Identifiquei-me com o que dizes, pois infelizmente, sou igual.

    Coragem na alma.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um beijo grande às duas e obrigada por estarem sempre aí desse lado!

      Eliminar
  2. Querida Gelatina procura resolver esses dilemas o quanto antes... Viver constantemente a pensar no que a vida "poderia ser" e não no que ela é, só te traz sofrimento. E sofrimento alheio também por tu não estares bem..

    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre uma querida, Lady Cat. Beijo grande para ti e obrigada!

      Eliminar
  3. Muita força, querida Gelatina!

    ResponderEliminar
  4. Já deixei de adiar problemas. Há coisas que o tempo resolve.Mas há coisas que não e que nos desgastam, que nos tiram tranquilidade. A vida é para ser aproveitada ao máximo. Coragem!

    ResponderEliminar