quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Da série "cenas estranhas que se passam comigo no gym"


Na semana passada, quando estava a entrar no gym, a porta, que é automática, decidiu abrir em câmara lenta e eu, que ia disparada, não bati com o nariz nela por sorte. Houve um personal trainer que estava lá à entrada que achou piada à situação e meteu-se comigo. Eu sorri e fui à minha vida. Quando já estava na passadeira a fazer o aquecimento ele veio meter conversa comigo, comentou que me via muitas vezes na passadeira, perguntou quais são os meus objetivos de treino e ofereceu-me uma sessão gratuita de treino com ele, sem compromissos. Ainda me passou pela cabeça dizer-lhe para não perder tempo comigo, que não tarda nada vou regressar a Lisboa, mas limitei-me a sorrir e a agradecer. Cheguei a casa e comentei o assunto com o senhor namorado, perguntando-lhe se ele achava que aquilo seria profissionalismo puro (até me parece uma boa abordagem para cativar clientes) ou se o rapaz se estaria a meter comigo (só porque não costumo assistir a este tipo de abordagem por lá, não porque me ache a última coca-cola do deserto).
No dia seguinte, estava eu outra vez na passadeira, e sou abordada por outro PT diferente (não me refiro aos monitores que andam pelo ginásio a orientar quem precisa, refiro-me ao pessoal que dá treinos individuais, personalizados e pagos). Já sabia o meu nome e já sabia qual era o meu objetivo de treino, porque tinha andado a ver a minha ficha (?), disse-me ele. Pôs-se a dizer que tem assistido aos meus treinos (outro?) e que estou a fazer isto e aquilo mal, e ainda me pôs a fazer sprints na passadeira e a dar conselhos vários.
Cheguei a casa, voltei a contar o episódio ao senhor namorado e perguntei o que é que se passa com esta gente, que nunca me aconteceu nada do género em Lisboa (e esta afirmação não tem nenhum tom de preconceito em relação ao pessoal do norte). Ao que o homem me diz:
"Realmente...é que tu também não és isso tudo!".
Claro que ele, sendo meu namorado, disse aquilo a brincar. E eu achei um piadão. Mas agora a sério, ele até tem razão. Eu não sou mesmo "isso tudo". O que me leva a pensar que das duas uma: ou estes PTs têm uma veia profissional muito competitiva entre eles e estão só à caça de clientes (embora em 9 meses a frequentar aquele ginásio eu não me tenha apercebido de a coisa funcionar nesses termos), ou anda muito homem desesperado por aí...e eu devo ter ar de solteira e boa rapariga.

12 comentários:

  1. Gelatina cá entre nós... necessito dos teus conselho! É que a minha situação é exatamente o oposto... vou mudar de ginásio por falta de assistência, uma vez que o monitor disponível no horário a que vou resolveu que só ajuda meninos que pegam 100kg ou meninas avantajadas! :D :D :D O que fazer diz-me lá! :D :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opá, coitada! Isso também não tem piada nenhuma. No meu ginásio há monitores para todos os gostos, os que estão mais numa de passear do que outra coisa, e os que ajudam e que corrigem mesmo sem pedirmos. Mas no geral gosto deles. (Esta abordagem dos PTs é que achei um bocadinho estranha...).
      Mas queria eu saber o meu "truque" que era para deixar de fazê-lo, mas juro que me limito a estar quieta no meu canto =)!
      Espero que te corra melhor no próximo ginásio =)! Beijinho!

      Eliminar
  2. Que marketing agressivo valhamedeus. No ginásio onde estava era parecido, interrompiam os treinos porque queriam "falar".

    ResponderEliminar
  3. Provavelmente és mesmo "isso tudo" :P Poderia ser uma estratégia para angariar clientes mas se nunca antes foi feito acho estranho.

    ResponderEliminar
  4. Pode ser estratégia, ou não =)
    Bem, és isso tudo e muito mais =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Pode ser efetivamente estratégia mas eu detesto quando vêm com muita conversa para o meu lado! Socoorrrooooo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não gosto. Sinto-me logo desconfortável.

      Eliminar
  6. No meu antigo ginásio aconteceu me o mesmo. Mas eu cheguei a receber esta escritas dum PT que foi tirar o meu número à ficha...
    Agora no meu ginásio atual tenho outro problema, uma senhora que no balneário gosta de me ver vestir e assim...

    ResponderEliminar