sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Do nosso Natal - melhores momentos


Quais trocas de prendas? Qual enfardar como se não houvesse amanhã? Qual reunião familiar? Nada disso!
Neste momento temos um empate entre dois momentos (não consigo decidir qual o melhor): aquele em que, à mesa da consoada, o meu pai se enganou e chamou a namorada (recente) do meu irmão mais velho pelo nome da ex (e em que eu tive que fingir que tinha que ir fazer qualquer coisa longe dali porque só me apeteceu desatar a rir. os momentos embaraçosos, por mais tristes que sejam, dão-me sempre para rir, é horrível!), ou o momento em que o meu irmão mais novo estava sentado na sacristia, na igreja, por volta da meia noite, a dormir uma bela duma sesta enquanto não começava a missa (só mesmo por isso, claro. cof cof), e o senhor padre passa mesmo em frente dele, para ir dar início à missa, apanhando-o em flagrante soneca.

4 comentários:

  1. Esses momentos embaraçosos são muito engraçados só apetece mesmo rir :)

    kisses***

    ResponderEliminar
  2. Ahahah, a saída do teu pai ganha, oh Gelatina! Mau de maissss :D a rapariga não fez cara feia?
    Continuacao de boas festas pelos nossa terrinha maravilhosa!

    ResponderEliminar
  3. lolol essa do teu pai é do melhor! :)

    ResponderEliminar